Rua Luís Vaz de Camões, 595 - Mairiporã-SP 11 4419-8400

Item adicionado ao orçamento


Qual a importância do detector de gases em espaços confinados?

Gostou? compartilhe!

Qual a importância do detector de gases em espaços confinados?

Saiba mais

 

A presença de alguns gases em espaços confinados pode representar riscos à saúde e não é raro encontrarmos notícias na mídia informando tragédias em função do contato com essas substâncias.

 

A falta de ventilação em alguns lugares não permite que os contaminantes de ambientes sejam dissipados, o que torna o local de grande risco para a vida.

 

Muitos desses ambientes precisam sofrer manutenção ou fazem parte de alguma linha produtiva, por isso, profissionais realizam tarefas nesses locais.

 

No entanto, para trabalharem em segurança são necessários detectores de gases que indicam e alertam o trabalhador a respeito da contaminação do ambiente.

 

No Brasil, a NR-33 é a Norma Regulamentadora que estabelece os requisitos mínimos para a identificação de espaços confinados que apresentam riscos à vida.

 

A Norma tem por objetivo definir e regulamentar as ações de:

  • reconhecer a presença de gases;
  • avaliar a periculosidade;
  • monitorar o ambiente;
  • controlar os riscos existentes.

 

Ficou interessado no assunto? Nesse post vamos mostrar o quanto é importante o uso do detector de gases em espaços confinados. Continue lendo e confira!

 

O que é um espaço confinado?

 

De acordo com a NR-33, espaço confinado é qualquer área ou ambiente não projetado para a ocupação humana contínua.

 

Esses ambientes possuem limitações de entrada e saída, onde a ventilação existente é insuficiente para remover os contaminantes ou onde a quantidade de oxigênio pode ser menor do que o limite suportado pelo homem para manter a vida.

 

São exemplos de locais confinados:

  • vagões de cargas;
  • silos e moinhos industriais;
  • tanques de água ou combustíveis;
  • chaminés industriais;
  • galerias de rede de esgoto;
  • fornos industriais.

 

Qual a importância do detector de gases em espaços confinados?

 

mpitemporario.com.br/projetos/generalinstruments.com.br

 

O detector de gases em espaços confinados é um equipamento que atende as normas de segurança para trabalhos realizados nesses ambientes.

 

A partir de sensores, esses equipamentos medem e indicam a concentração de gases nocivos existentes nos ambientes, alertando o trabalhador para riscos à saúde.

 

utilização do detector é, portanto, indispensável, uma vez que alguns gases são extremamente perigosos e podem imediatamente paralisar, sufocar e asfixiar.

 

Alguns exemplos de gases nocivos existentes nos espaços confinados são:

 

  • tóxicos - monóxido de carbono e gás sulfídrico;
  • inflamáveis - metano, pentano e estireno;
  • asfixiantes simples - nitrogênio, argônio e dióxido de carbono.

 

Como avaliar a atmosfera antes da entrada em um espaço confinado?

 

mpitemporario.com.br/projetos/generalinstruments.com.br

 

 

A avaliação da atmosfera antes da liberação da entrada em um espaço confinado é imprescindível para a determinação dos riscos no seu interior.

 

Para isso, é necessário um detector multigás que possa indicar a presença de gases tóxicos e inflamáveis, além da concentração de oxigênio.

 

Essa avaliação deve ser feita fora do espaço confinado com o uso de mangueira ou sonda, conectada ao detector multigás, e inserida no interior do local a ser avaliado.

 

Os perigos em um espaço confinado podem ser encontrados em diferentes níveis, conforme a densidade dos gases.

 

Portanto, é recomendado que todos os níveis sejam testados, ou seja, deve-se testar a atmosfera do ambiente a cada 1,5 m na direção do seu caminho e para os lados, com, no mínimo, 1 minuto a cada nível para permitir a leitura dos sensores.

 

Existe alguma Norma sobre a detecção de gases em espaços confinados?

 

Como já mencionado, no Brasil a NR-33 é a norma a ser seguida para a segurança e detecção de gases em espaços confinados.

 

Essa Norma apresenta as seguintes determinações:

  • responsabilidades do empregador;
  • responsabilidades dos trabalhadores,
  • gestão de segurança e saúde nos trabalhos em espaços confinados;
  • medidas técnicas de prevenção;
  • medidas administrativas;
  • medidas pessoais;
  • capacitação para trabalhos em espaços confinados;
  • emergência e salvamento.

 

A NR-33 foi criada no ano de 2006 pela Portaria 202 através do Ministério do Trabalho e desenvolvida pela ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas.

 

O detector de gases em espaços confinados, conforme previsto na Norma Regulamentadora, é um equipamento que deve estar sempre calibrado e em condições apropriadas ao uso.

 

Para isso, é fundamental a escolha de fornecedores que possam garantir a qualidade e manutenção dos equipamentos, oferecendo ainda serviços de apoio como treinamentos e assistência técnica sempre que necessário.

 

A melhor opção para que seu negócio e seus colaboradores não corram riscos é contar com a General Instruments, uma empresa especializada no segmento, que orienta e indica o melhor equipamento para a realidade do seu ambiente. Acesse nosso site e conheça nossas soluções!

 

(Imagens: divulgação)

 



Gostou? compartilhe!

Whatsapp General Instruments Whatsapp General Instruments