Rua Luís Vaz de Camões, 595 - Mairiporã-SP 11 4419-8400

Item adicionado ao orçamento


Como fazer o monitoramento de gases?

Gostou? compartilhe!

Como fazer o monitoramento de gases?

Saiba mais

Como fazer o monitoramento de gases?

O monitoramento de gases é um procedimento indispensável para a segurança das pessoas que precisam permanecer em ambientes confinados.

De forma geral, os gases utilizados nos mais diversos setores da indústria são muito prejudiciais à saúde, além disso, boa parte deles são vulneráveis às explosões.

Por conta disso, a Norma Regulamentadora 33  apresenta regras que os estabelecimentos precisam cumprir para oferecer segurança e saúde aos trabalhadores desses ambientes.

Entre os requisitos exigidos pela NR, estão a avaliação, o controle dos riscos e o monitoramento de gases.

Uma das formas mais efetivas para esse controle é o uso de um detector portátil de gás.

Nesse artigo vamos apresentar a importância do monitoramento de gases e como fazê-lo corretamente para manter a segurança do local. Continue lendo e confira!

O que é um detector portátil de gás?

Todas as empresas em que as atividades coloquem o colaborador em contato com gases, devem fazer o monitoramento.

Esse monitoramento pode ser realizado por meio de um detector portátil.

De forma geral, o detector de gás é um equipamento que identifica a presença de gases no ambiente, sendo de essencial importância para a segurança do local e das pessoas que nele trabalham.

Ele pode tanto detectar vazamentos, bem como a presença de outros agentes que podem interagir com o ambiente.

O detector portátil para monitoramento de gases é um equipamento que qualquer trabalhador pode levar consigo para verificar a qualidade e se há ou não vazamentos no ambiente.

A função do detector

Como você já sabe, o detector portátil possibilita a análise dos gases de um ambiente.

A partir dessas análises, medidas de segurança são tomadas para que o trabalho possa ser realizado sem riscos, como, por exemplo:

  • Utilização de máscaras faciais;
  • Instalação e utilização de um exaustor;
  • Evacuação imediata do local.

Dessa forma, o detector portátil para monitoramento de gases ajuda a manter o local, os funcionários e maquinários seguros em uma empresa, sem contar que o seu uso evita agressão ao meio ambiente.

Existem modelos apropriados para cada situação e é importante saber escolher a opção correta para o seu ambiente.

mpitemporario.com.br/projetos/generalinstruments.com.br

Como escolher o detector portátil para monitoramento de gases?

Existem dois tipos de detectores portáteis para monitoramento de gases, o monogás e o multigás e eles são práticos porque dispensam o uso de centrais elétricas e cabos.

Ambos têm um tamanho fácil para carregar e são usados por um operador, são resistentes à água, leves e robustos para suportar impactos.

Os dois tipos detectam monóxido de carbono (CO), cianeto de hidrogênio (HCN), sulfeto de hidrogênio (H₂S), entre outros

A diferença entre esses dois modelos está na sua utilização.

Detector portátil monogás

O detector portátil monogás é ideal para proteção ocupacional pessoal.

Durável, prático e fácil de usar, esse equipamento monitora e detecta riscos de um único de gás no ambiente.

Detector portátil multigás

mpitemporario.com.br/projetos/generalinstruments.com.br

 

O detector portátil multigás é, na maioria das vezes, utilizado em indústrias, nos ambientes confinados.

Ele é versátil e oferece proteção detectando até 5 tipos diferentes de gases, entre tóxicos, inflamáveis e oxigênio.

Geralmente, ele é usado antes dos trabalhadores entrarem em um local fechado para que seja realizada uma detecção para a verificação dos gases presentes no ambiente, em atendimento à NR 33.

A diferença do multigás para o monogás é a possibilidade que o primeiro tem em detectar diversos tipos de gases ao mesmo tempo.

A tecnologia tem proporcionado avanços e o detector portátil multigás também já é utilizado para monitoramento pessoal em ambientes abertos, como no caso das siderúrgicas.

A importância do detector de gás

O detector de gás não é considerado um EPI (Equipamento de Proteção Individual) segundo a NR 06, no entanto, sua utilização é imprescindível, uma vez que os gases podem causar asfixia, intoxicação, explosões e a perda de vidas.

Eles são equipamentos de uso pessoal em função do raio de alcance dos sensores.

Isso quer dizer que são usados durante um período, após são desligados, ao contrário do detector fixo, que funciona continuamente.

Caso você ainda tenha alguma dúvida a respeito, faça contato com a General Instruments, uma empresa especializada em detectores portáteis para monitoramento de gases.

Acesse nosso site e conheça nossas soluções!



Gostou? compartilhe!

Whatsapp General Instruments Whatsapp General Instruments